Conto de Falhas

Tentar compreender a forma de agir de alguém de quem gostamos por vezes torna-se uma tarefa ingrata e infrutífera. Tentar dar o benefício da dúvida, tentar metermo-nos na pele da outra pessoa, tentar compreender e desculpar, é uma tarefa cansativa e inglória. Castradora. Porque sabemos que todos nós temos problemas na vida, que nem sempre são de solução fácil. Porque sabemos que há personalidades diferentes, com tonalidades diferentes, com formas de (re)agir totalmente opostas aquelas com nos identificamos. Então tentamos desculpar o indesculpável. Tentamos dar oportunidades a quem nunca pediu nova oportunidade. Tentamos estar aqui para aquelas pessoas que só têm tempo para nós quando não têm mais nada com que se entreter ou mais ninguém que lhes dê atenção. E é quando percebes isso, quando essa "ficha cai", quando essa  realidade toma conta do teu pensamento, que te sentes sem chão. Que questionas até que ponto és idiota por continuares apaixonada por este homem que te faz ser a mulher mais reles do mundo. Qual é o objectivo? Porque continuo eu interessada nesta criatura que só me tem deixado triste e desiludida à medida que os anos passam?
Sim, a minha parte pragmática, inteligente e com a auto-estima certa sabe o que devo fazer e como agir. Mas a minha parte parva e apaixonada faz-me sentir triste!
Deixo passar oportunidades de conhecer pessoas interessantes e interessadas sempre na expectativa de que um dia isto mude mas sei que estou errada. SEI que nunca vai mudar, sei que é assim que vai ser sempre, avanços e recuos por um homem que nunca me quis na verdadeira acepção da palavra.

Estou mentalizada de que isto tem de terminar. Já dei o primeiro passo!


Comentários

  1. Como te entendo,ás vezes parece que quanto mais nos magoam mais gostamos da pessoa,já não entendo o amor,já não entendo as pessoas,estou como tu,sinto me num conto de falhas.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Todos temos os nossos dias, as nossas opiniões, as nossas afinidades. Felizmente nem todos gostamos do mesmo.

Aceitam-se elogios. Aceitam-se críticas construtivas.

Dispenso insultos e estupidez gratuita.

Welcome stranger ;)

Mensagens populares deste blogue

A tua irmã*

Dos rumores

Desabafo