quarta-feira, 28 de março de 2012

Nirvana


_Kurt Cobain_

Quando ele morreu, eu ainda era pequena. Não fazia ideia quem ele era. Não fazia ideia que música tocava. Ouvi-o a primeira vez por intermédio do meu vizinho, cujo quarto é paredes-meias com o meu e cujo bom-senso o impossibilitava de ouvir música nos decibéis normais. "Come as you are, as a friend" . Ouvi uma. Ouvi duas. Ouvi tantas vezes. Descobri-o aos 13 anos. Mesmo depois da sua morte, gostei de ouvi-lo. Os Nirvana são a minha banda de eleição. Não me canso de ouvi-los. Sei que com eles não posso sentir aquela ansiedade por uma nova música. Não serão lançados novos singles. Mas deixaram um legado que me conforta. Não há uma música da qual não goste. É por isso que nunca os deixarei morrer.




"(...) Who knows?
Not me
I never lost control
You're face, to face
With the man who sold the world"

- "The man who sold the world" - Nirvana

3 comentários:

Todos temos os nossos dias, as nossas opiniões, as nossas afinidades. Felizmente nem todos gostamos do mesmo.

Aceitam-se elogios. Aceitam-se críticas construtivas.

Dispenso insultos e estupidez gratuita.

Welcome stranger ;)