Mensagens

A mostrar mensagens de Agosto, 2017

O Serviço Nacional de Saúde matou a minha Avó!!

Não sei bem se estou a escrever isto como um possível alerta para alguém ou se é apenas como um desabafo. Talvez o mal seja geral, talvez num outro hospital a minha Avó tivesse sido avaliada em condições e talvez ainda estivesse viva. Talvez. São apenas talvez.
A minha Avó foi internada o ano passado. Foi-lhe diagnosticado espasmos epiléticos, que levaram à receita de um medicamento que aliviasse esse espasmos. Soubemos este ano que deveria ter sido feita um rejuste da medicação pela médica de família (onde ela foi inúmeras vezes durante o ano). 
Este ano, em Maio, teve um novo surto epilético (supostamente) e ficou novamente internada. Uma vez no hospital, foi então feito o reajuste da medicação e disseram ainda que ela tinha ma infeção urinária, tendo começado a tomar antibiótico para o efeito. Teve alta.
Em casa, 2 dias depois sentiu-se novamente mal e foi novamente internada. Desta feita foi-nos dito que o excesso de medicamentação (fora esta dos espasmos e o antibiótico, a minha…

Um mês sem ti!

1 mês sem ti e no entanto não há dia que não sinta que andas por perto, não há dia que não pense em ti e não há dia que não sinta a tua falta. Tu sabes disso. Ando neste desassossego e não sei como acalmar. Não quero esquecer-te ou deixar de falar de ti. Sinto-me bem a falar de ti. 
No sábado fui com a Mãe decidir o que fazer com as tuas roupas. Chamámos a tua vizinha, que sempre foi uma grande amiga tua, perguntámos se queria ficar com algumas coisas de recordação. Ela disse que sim. Dei-lhe um dos teus terços porque sei que era isso que querias.
A Mãe quis ficar com umas blusas tuas, diz que gosta e que se sente bem a usar. A Sara também, tenho a certeza que sempre que as vestir mais pensar em ti. Ela sente muito a tua falta! As restantes roupas demos à tua irmã Elvira e à caridade. Seria assim que tu gostarias, tenho a certeza!! Fiquei com um lenço teu de por ao pescoço. Não consigo ainda usar, faz-me muita confusão. Parece que a partir daí finalmente vou descobrir que isto é mesm…