Mensagens

A mostrar mensagens de Outubro, 2015

Ser mulher é bom mas às vezes nem tanto

Imagem
Li algures que um ginecologista apelou à baixa menstrual. Eu sou tão a favor disso, pelo menos no primeiro dia de menstruação e no imediatamente anterior. Passo tão mal com enjoos, vómitos, dores de cabeça, barriga. Só me apetece enrolar em mim própria e ficar quietinha na cama. Deixo mesmo de ser uma pessoa funcional.
E olhem que melhorou com a toma da pílula!
PS: Os analgésicos aliviam durante uma ou duas horas mas não é suficiente!

Dos filmes que marcam

Imagem
Das cenas de filmes que causou mais controvérsia. Eu gosto de pensar que é uma mensagem de esperança. De um assassino que se deixa enredar pela ingenuidade de uma criança.
Isto sou eu, que sou uma optimista!
_Conair_Fortaleza voadora_

Sonhos bons*

Imagem
Sonhei novamente contigo. Estavas tão feliz.  Tenho tantas saudades tuas puto! Não me esqueço, prometo. Apenas apaziguei "isto" que nos deixaste.

Amar o que ainda não conhecemos

Imagem
Pois é, o bébé finalmente deixou-se de teimosia e conseguimos saber que vou ter uma sobrinha linda :D
Que felicidade!
Como é possível tanto amor sem nunca a ter visto?

Ausência

Imagem
19 dias sem ti, meu Campeão! Saudades do teu cheiro, da tua correria, dos teus mimos.
Meu amor incondicional*

Dos ciúmes

Imagem
Lidares agora aos 28 anos com os ciúmes do teu Pai em relação ao teu Namorado, é dose. Por um lado é engraçado mas por outro, quando é em demasia, é chato e faz-te impor limites. Sou oficialmente uma menina do papá!



O meu vício

Imagem
Estreou ontem a 6ª Temporada do The Walking Dead!
Mas como eu sou uma menina paciente (not), espero por hoje à noite para assistir ao primeiro episódio. É a minha série favorita!


Personagens favoritas: Daryl e Glen

Do civismo e da falta dele.

Imagem
20h. Rua muito escura de Lisboa mas com imenso trânsito. Bateria do carro morreu. Insultos por atrapalhar o trânsito. Maioritariamente portugueses. Um carro pára e saem 5 rapazes (brasileiros) que me empurram o carro para um sítio menos movimentado. Enquanto espero pelo reboque, passa um senhor (preto) que pergunta se preciso de ajuda. Explico o problema mas não há forma de ajudar. Fico agradecida apela atenção. 10 minutos depois pára um senhora (portuguesa) que me pergunta se não tenho vergonha de estar a atrapalhar a vida às outras pessoas. Mando-a à vida dela. 10 minutos depois pára uma carrinha. Um senhor tira dois cabos do carro e liga a bateria dele à minha. Carro a funcionar. O senhor era Marroquino. No meio disto tudo passaram dezenas de portugueses e nem 1 me ajudou. Coincidência ou valores todos trocados?

Desabafo

Imagem
Nunca consegui falar de ti aqui. Da tua partida e de não ter conseguido despedir-me. Nunca falei das nossas tardes em tua casa, a jogar Mega Drive. A pintar. A ler histórias e a ver filmes.
A Carla morreu quando eu tinha 12 anos. Era a minha melhor amiga. Nunca conseguiu andar e também não gostava muito de sair de casa. Por isso eu fazia-lhe companhia. Ria com ela, desabafava, ficava horas a vê-la dormir e à espera que conseguisse contornar o sono que a medicação lhe dava. A Carla era linda. Tinha uns olhos cor de amêndoa. Rasgados. Era morena. Um sorriso enorme, com os dentes bem alinhados. Era também muito doente. Não me lembro dela sem ser doente. Mas era tão minha amiga e eu gostava tanto dela. O dia em que morreu foi horrível. Sei que não me recordo de quase nada, fiquei em choque. Não consegui despedir-me dela. Entrei na Igreja e saí.  Sonhei e temi a morte durante anos por causa dela. Visitava-me em sonhos. Odeio a morte. Odeio que me privem das pessoas que gosto. Carla, fazes…