Mensagens

A mostrar mensagens de Julho, 2012

Estás Aqui

Imagem
Eterna residente. Não desaparece. Não muda de sítio. Como qualquer outro traço da minha personalidade, está presente e tem dias em que está mais vincada. 
Dias há em que simplesmente sorrio com as recordações. Depois vem o aperto no peito. O sufocar. O tentar desvincular-me de uma dor que tomei como minha.  Mas como poderia não acolher a saudade de ti?  É assim, Luís, não me define. Claro que continuo aqui, a viver, a rir, a sonhar, a lutar. Estou viva e conto ficar viva por muitos anos. Mas tu fazes-me falta e há dias em que as recordações simplesmente destroem. Impedem um sorriso ou gargalhada e estimulam todo um festival de lágrimas e dor. Gosto de recordar, sabes bem que gosto, mas há dias que simplesmente não me apetece. Não quero o sabor amargo das lágrimas, não quero os olhos as arder, não quero a cara vincada de dor. Há dias que não te quero. Mentira, quero-te aqui todos os dias. Queria que estivesses aqui. Quero. Olho para trás e parece que tudo isto é tão irreal. Sonho mau,…

Férias precisam-se!!!

Imagem
Não vou ao Sudoeste. Não vou acampar. Não vou fazer praia.Não vou bronzear-me. Não vou ter noitadas e dormir 1h por dia. Não vou ver Eddie Veder. Não vou!
VOU ESTAR A TRABALHAR! Grrrrrrrr! Férias só a partir de dia 10 e eu que queria tanto ir ao SW.

Adeus SW! Snif!

Menos 1!

"Cara Rita,
Segui o teu blog desde quase o início e o que antes me cativou, agora dá-me repulsa. Passaste de uma pessoa alegre, de bem com a vida, livre de preconceitos e com força de vontade para uma pessoa sentimental, chata, sem nada para acrescentar de diferente. Para além de que agora quase não escreves aqui.... cansei-me. talvez um dia volte."
E foi assim que fiquei a saber que perdi mais um seguidor!ahah

Maldição!

Imagem
Este fim-de-semana conheci uma pessoa que me suscitou um certo interesse. É giro, educado, simpático. Vá, já o conhecia.O M. é um rapaz que já se mete comigo há uns tempos mas a quem nunca dei muita conversa. Sempre o achei engraçado, bonito e interessante mas o João é o João, é aquele de quem gosto e nunca achei que fosse precisar de seguir em frente tão depressa. Só que agora tudo mudou e o M. tem feito marcação cerrada. E se há homens persistentes, o M. é um deles. Mas tenho cá para mim que ele é um típico engatatão... e é isso que me atrai. Bem precisava de uma distracção!
Por enquanto vou lavando a vista e massajando o ego... ainda não me apetece negociatas com outro homem. Mas que ele é giro, lá isso é! Ai, homens, vocês são a minha maldição!


E nós nunca fomos nada.

Imagem
Uma das coisas que mais me incomoda é a facilidade com que as pessoas apagam outras das suas vidas.
Vi-o. Ele viu-me. Nem um cumprimento, nem um sorriso, nada de nada. Não sei como ficou pelo caminho tudo o que tivemos e é isso que me entristece. E depois há os "Outros". Aqueles que fazem perguntas, aqueles que puxam o assunto, aqueles que estranham que já não estejamos juntos. E nós nunca fomos nada. Fomos tudo!
Não consigo entender como a cumplicidade deu lugar à indiferença. Merda para ti!

Adivinhem!

Imagem
Hoje é que dia da semana? 
Sabem o que costumo fazer ao fim-de-semana? Sabem com quem?
Sabem qual o meu estado de espírito nestas alturas?
É isso mesmo, é até de manhã!
Bom fim-de-semana!!!






Desabafo!

Tenho saudades de dormir com os pés quentes, que é como quem diz, dormir com ele ali ao lado. Adormecer ao som da sua respiração, sentir a mão dele na minha barriga, aconchegar-me naquele espacinho ente o ombro e o pescoço.
Ai que porra, para o que havia de me dar. Este cabrão tornou-me uma romântica! Vou ter de arranjar um peluche para fazer-me companhia!

Há-de passar!

 Antes demais, quero agradecer todos os comentários que têm deixado e pedir muitas desculpas por não responder mas tenho tido muito pouco tempo. Prazos para entregar, azáfama, colegas de férias e o trabalho de 3 fica para uma. Mas assim é que eu gosto, enquanto estou ocupada não penso no que não devo.
Em Agosto entro de férias e vão ser 2 semaninhas passadas em grande estilo. SW, aí vou eu ;) Mas até as férias chegarem, vou aproveitando os fins-de-semana sempre em festa. Ora bem, as festas na minha casa da aldeia vão começar na 6ª e eu vou passar lá o meu fim-de-semana. É a primeira vez que vou dormir lá sem o João, desde há 1 ano para cá... a ver vamos se as recordações não me vão chatear muito. Creio que não, vou fazer uma mega jantarada com os suspeitos do costume e espeo nem ter tempo ou espaço para as saudades.
O João e eu nunca mais tivemos contacto, exceptuando um sms recebido na noite de sábado. Acho que desta vez foi definitivo e, para sincera, sinto uma espécie de alívio.…

Continuo f*dida

Imagem
O meu amigo (aquele que se casou no outro dia e que se esqueceu de me avisar) voltou de lua-de-mel. Vou eu na rua, com mais uma amiga minha, a rir e a beber uma imperial e oiço alguém chamar pelo meu nome. Era ele. 
Casado:"Então, está tudo bem? Ainda não te tinha visto desde que vim para Portugal..." Eu: "Pois não, eu nem sabia sequer que tinhas chegado..." Casado: "Pois, não avisei muita gente... vim casar-me." Eu [a fazer-me de parva]: "Ah pois, ouvi qualquer coisa sobre isso... então a cerimónia teve muita gente? Ou foram só os amigos mais íntimos?" Casado: "Esqueci-me de te dizer... e tu estás lixada com isso. Foi falha minha e da M., desculpa." Eu:"Não, foi falha tua. A M. não é minha amiga desde os 3 anos. A M. conhece-me porque é namorada de um dos meus melhores amigos... não foi a M. que há um ano atrás ligou a dizer que ia ser pedida em casamento. Não foi a M. que há 3 anos ligou a dizer que estava grávida." Casado:"…

É amanhã, minha gente!

Imagem
Amanhã vou passar o dia em laboratório, não posso vir ao blog. Mas à noite tenho festa de anos e vou vadiar!
Bom fim-de-semana!!!

Estou f*dida e mal paga!

Estou lixada. Estou mesmo irritada, enojada, mal-disposta. Então não é que há um ano atrás fui convidada para o casamento de um dos meus melhores e mais antigos amigos (convite apalavrado) e depois de ficar empolgada, feliz, eufórica com a boa nova, depois de combinarmos tudo e mais alguma coisa, de rirmos juntos, de brincarmos com a situação... o cabrão casou-se no sábado passado e não me disse nada! Rigorosamente nada!!! 
Como sou uma pessoa compreensiva e uma vez que a cerimónia seria só no civil, pensei cá para mim que não havia problema, provavelmente optaram por algo mais íntimo e de família. Mas porra, depois venho a saber que uma amiga minha (que nem o conhece) foi ao casamento porque é namorada do irmão do melhor amigo dele e fico fodida com esta merda!
Então quer dizer, somos amigos, somos confidentes, fui uma das primeiras pessoas que esteve lá para ele quando o pai dele faleceu, fui das primeiras a saber quando a (agora) mulher engravidou, conheço a criança desde que nasc…

Barrigadas de riso

Imagem
Ontem ri que nem uma perdida durante 90 minutos. Estive a ver o jogo de solidariedade entre o Benfica e a Fundação Luís Figo e comecei por estar deliciada ao rever jogadores como Davids, Michel Salgado, Kezman, o grande Senhor Rui Costa, Pauleta, entre muitos outros. Jogadores que admiro imenso, apesar de grande parte já estarem retirados das lides futebolísticas. Ver ainda que o Figo arruma muitos jovenzinhos a um canto, rever o Petit e o Dimas. Ahh, belos tempos. Mas então vejo o Fernando Mendes a entrar! Este homem não existe! Primeira vez que toca na bola, remate à baliza (depois dos defesas saírem todos do seu campo de visão). Gargalhadas. Fintas (ahah) e, decorridos 3 minutos, já só gesticulava para terminarem o jogo. Ri-me tanto!
Chega a segunda parte e 3 momentos grandiosos: - Ver que o Davids fintou "sem espinhas" o Djaló! Que delícia, que saudades! - Ver o Mantorras ser substituído, o estádio todo de pé e o homem a chorar. Foi bonito, sim senhores! - A entrada do …

Trazendo a saudade

Porque esta é A música. A tua. A música que a tua irmã te dedicou. E sempre que a oiço, recordo-me daquele dia horrível de há quase 3 anos atrás. Quase 3 anos. Já. Só.






"As coisas vulgares que há na vida  não deixam saudades só as lembranças que doem ou fazem sorrir

Há gente que fica na história  da história da gente e outras de quem nem o nome lembramos ouvir

São emoções que dão vida à saudade que trago aquelas que tive contigo e acabei por perder
!Há dias que marcam a alma e a vida da gente e aquele em que tu me deixaste não posso esquecer

A chuva molhava-me o rosto gelado e cansado a ruas que a cidade tinha já eu percorrera

Ai... meu choro de moça perdida gritava à cidade que o fogo do amor sob chuva há instantes morrera

A chuva ouviu e calou meu segredo à cidade  e eis que ela bate no vidro trazendo a saudade"

_Mariza_"Chuva"_

Amor à primeira-vista!

Imagem
Pronto, se alguém estiver interessado em oferecer-me um presentinho e que faça questão de ser algo pelo qual me apaixonei à primeira-vista:

Camisola alternativa do meu Benfica, época 2012/2013


Pronto, é supérfluo mas é linda. Era só mais uma para a colecção, ficava tão bem no meu quarto. Linda, linda, linda! Desculpem mas foi amor à primeira-vista!

Magia Disney

Imagem
Como já disse aqui, tenho um sobrinho lindo de 3 aninhos. Adoro passear com ele, brincar, ir ao parque e agora quero viciá-lo na Disney. Ele já é fã do Faísca Mcqueen mas eu quero mostrar-lhe as maravilhas dos antigos desenhos animados, aqueles que eu vi (confesso que ainda vejo).
Assim, o primeiro filme que levei para vermos foi "A Bela e o Monstro". Típico rapaz, adorou o Monstro. Não chorou, não teve medo, riu-se que nem um perdido das coisas mais parvinhas. Ora bem, até aqui tudo óptimo, não fosse a parte dele querer uma festa como aquela dada pelos serviçais, ou seja, queria uma coreografia completa de bules, vassouras, candelabros e afins. E explicar ao meu adorado príncipe que as xícaras, açucareiro, copos, sofás, etc, não dançam ou falam? Explicar-lhe que é um filme, que os lobos não cantam ou dançam com princesas? Que os armários não pintam os lábios? Que os relógios não abrem portas ou que as rosas não flutuam e não brilham de noite?
Este fim-de-semana vamos ver o…

Larga-me a breguilha!

Imagem
Pessoas idiotas, sem nada que fazer e que se escondem atrás do anonimato para ofender gratuitamente os outros. Com que objectivo, pergunto eu?? Sentem-se bem? Realizados? Alivia o stress?
Sou apologista da liberdade de expressão, sou mesmo, mas tudo o que é demais enjoa! Não há post que não comentes de forma depreciativa, que não ofendas, que não tentes tirar-me do sério.
Adivinha? Não fico triste. Não fico aborrecida. Não deixo de publicar os teus comentários. Aliás, aqui está um post em tua homenagem. Todo teu, directamente de mim para ti. Quero que sejas feliz. Se conseguires encontrar o teu caminho neste blog, digo-te sinceramente que fico extremamente satisfeita em ter-te por aqui. Sê feliz! Só gostava de um favorzinho teu, já que somos amiguinhos e tão bem opinas sobre a minha vida, não te escondas no anonimato. Sê crescido, sê correcto, sê directo. Cá te espero!

Selo da Miss S

Imagem
Este Selo veio directamente da Miss S e do seu blog "O lado 'S' da vida".
As regras são:

- Fazer um post, no qual colocam o selo, dizem quem vos ofereceu e respondem (com sinceridade!) às questões; - Passar o selo aos blogues que mais vos inspiram; - Serem felizes.

Eis as questões: 1 - O que é que nunca tiveste coragem de dizer a alguém? 2 - O que é que já disseste a alguém que não devias ter dito? 3 - O que é que te tira completamente do sério? 4 - Se pudesses, o que alteravas, neste momento, na tua vida? 5 - És feliz?

Respostas: 1 - Acho que não há nada que nunca tenha tido coragem de dizer. De uma forma mais ou menos directa, dependendo da pessoa a e da circunstância, tento sempre dizer o que pretendo, até porque não gosto de indirectas, meias-palavras e diz-que-disse. 2 - Há tanta coisa que não devia ter dito a dado momento mas que, devido ao que disse na pergunta 1, faz parte da minha forma de ser! Mas uma coisa de que me arrependo foi ter dito Amo-te a uma pessoa pelos moti…

Até mete nojo!

Imagem
Há alturas em que sou tão boa pessoa que até meto nojo. Irrito-me comigo própria por não ser capaz de ser a cabra que por vezes penso que sou. E devia, a sério que devia!
Merda para sms. Merda para o telemóvel. Merda para mim. Raios-partam a sensação de obrigação. Raios-me-partam! Vi o João no sábado. Foi jantar fora com os amigos e levou ele o carro. Mas eu sei que ele é um irresponsável quando está com eles. Bebe e conduz. Estúpido! Não, estúpida sou eu que não consigo ficar sossegada no meu canto. Estúpida! Toca de lhe mandar sms a avisá-lo que havia operação stop, com receio do menino estúpido ser apanhado! Lá evitei a multa do "sôtor".  Depois quando regressa do jantar, já a noite ia longa e já eu tinha regressado a casa, ainda me manda sms para saber onde estava.
João: "Obrigado pelo aviso, foste uma querida. Vim por uns atalhos, não apanhei ninguém." Rita: "Pois, avisaram-me que ia haver a operação e lembrei-me que devias andar feito tonto a beber e a …

Ai o meu Benfica!

Imagem
Tive a pouca sorte de me rodear de amigos que não partilham esta minha paixão. Pouca sorte não, não quero menosprezar as excelentes pessoas que mantive pertinho de mim, mas dava cá um jeito ter quem gostasse do meu Benfica como eu gosto. No geral, os meus amigos são quase todos lagartos. Quase todos! Depois tenho o meu melhor amigo que é do FCP. Pronto, não podia ser perfeito! ahah A minha melhor amiga até diz que simpatiza com o Benfica... mas não gosta muito de futebol. Os meus companheiros de jornadas são o meu irmão e... o João. Mas o meu irmão agora está "casado" e não alinha tanto nas idas aos estádios, ver o SLB. E o João... alinhar até alinha. Mas agora não quero proximidades. Gosto de ir ao estádio ver futebol de 11. Gosto.


Mas o meu futsal... esse sim, deliro!


E depois há este senhor...

Já retirado das lides do futsal mas para mim será sempre um dos grandes jogadores que já passaram pelo Benfica. André Lima, sou mesmo fã!!!
E agora com quem vou passar estas grande…

Nunca menos que o melhor!

Imagem
"Acredita no melhor...tem um objectivo para o melhor, nunca fiques satisfeito com menos que o teu melhor, dá o teu melhor, e no longo prazo as coisas correrão pelo melhor."
Henry Ford

Eu sou assim. Quero sempre mais. Exijo sempre mais e melhor de mim. Dou o meu melhor em tudo a que me proponho. Sou empenhada, assertiva, perfeccionista.  Sei que por vezes confundem esta minha determinação com arrogância (por vezes também a tenho). Sou assim na minha vida laboral, sou sim. Se calhar deveria sê-lo também na minha vida pessoal ou pelo menos tão frequentemente quanto o sou com o meu trabalho. Gosto de prazos. Gosto de cumprir prazos. Sou pontual. Prefiro mil vezes chegar 15 minutos antes da hora marcada e esperar, do que esperarem por mim. Mas também não tenho paciência para esperar demasiado tempo pelos outros. Porque se dou o meu melhor, não exijo menos do que o melhor! Será que as coisas correrão pelo melhor?  Acredito que sim! Porque o que tenho de pragmática, tenho de sonhadora. Ou cre…

Onde foi que nos perdemos?

Imagem
Lembro-me desta cumplicidade de outrora. Recordo o nosso primeiro afastamento e temo que reconheça todo este turbilhão que agora sinto. Detesto sentir tudo isto, esta paixão que não me cabe no peito, estes arrepios que me percorrem o corpo quando me tocas, este quase-desmaiar de quando nos beijamos. Não detesto nada, adoro. Detesto é ser privada de tudo isso. Detesto ter uma intuição que, regra geral, não falha.  Onde andamos? O que foi feito de nós? Sabia que tínhamos um fim, não sabia que estaria tão próximo. Quero agarrar tudo o que temos e manter todos os nossos momentos vivos e bem juntos mas esta colagem não está a resultar.  Oh João, o que nos aconteceu? Onde foi que nos perdemos? Onde anda tudo o que sentíamos? Onde estão os nossos carinhos? Onde está a nossa cumplicidade? Onde está a nossa amizade? Como pode um relacionamento (?) avançar a passos largos para o fim, quando demorou tanto a ter um início? Eu sei o que aí vem. Acima de tudo, eu sei! Aceitei este nosso amor que n…

A bebedeira das vacas

Imagem
A mirabolante ideia surgiu numa pequena localidade do sul de França e consiste em adicionar à dieta destes ruminantes nada mais nada menos do que 1 a 1,5 l de vinho! Leram bem, embebedam as vaquitas para que, tempos mais tarde, a carne fique mais suculenta, saborosa e... bem mais cara. Chamam-lhe "um luxo em vida e um luxo no prato".
Depois das vacas loucas, venham as vacas alcoólicas. Daqui a uns anos venham as vacas com a broa, que é como quem diz, dêem às ditas umas brocas para se entreterem no pasto. Relva já comem, porque não fumar uma ervinha?
E o culminar perfeito desta notícia, citando o dono das ditas vacas alcoólicas:

"(...) Presenteadas com este novo luxo, as vacas tê-lo-ão ingerido «com prazer», de acordo com Claude Chaballier, proprietário da quinta onde decorreu a experiência. (...)"


Haja estupidez na cara (coitadas das vacas de 4 patas) e dinheiro no bolso (cada bife a rondar os € 100? A sério?! E queixo-me eu do Bife da Portugália?).








Notícia daqui!

Sou dos números!

Imagem
Andei a ler uns blogs por aí e houve um tema que me chamou a atenção: as mulheres são mais dadas às letras e os homens aos números.
Eu confesso que sou bem mais talhada para a Matemática, Álgebra, Química, Física, Cálculo e afins do que para outras áreas. Sempre gostei de contas, raciocínios, quebra-cabeças, tudo o que me desafiasse.
Gosto de escrever e ler, gosto mas o meu talento (se é que tenho algum que possa realmente ser chamado assim) é para a Matemática. Gosto. Gosto de aprender e gosto de explicar. 
Dou explicações de Matemática até ao 12º ano (a partir daí não me aventuro) e gosto mesmo de incutir esse gosto aos mais novos. Nunca quis ser professora, nem tenho jeito para isso, mas as explicações fazem-me manter vivo esse "bichinho" e não me deixam perder a prática.
Pronto, eu, Rita, depois de quase 7 anos de Engenharia, confesso que continuo a gostar de Matemática.
Assim, as mulheres não são só de letras e nem os homens são só de números.

A Dança

Imagem
"Chegaste de passos apertados Os olhos embargados Cheios de medos teus Pediste que te levasse a mágoa E que te tocasse a alma olhando para os meus
Apertei-te contra ao peito, num abraço perfeito
A rua como companhia Às vezes escura e fria Pura realidade Ninguém olha p'ra ti  Com olhos de gente Ate mesmo indiferente A quem és de verdade Esquece o teu mundo lá fora É hora de ir dançar (...) "
_Pólo Norte_"A Dança"_

Não sou o Tio Patinhas

Imagem
Tenho um café pertinho da minha casa. É O café! Aquele que frequento, onde me sinto bem, à-vontade, onde recupero um pouco da intimidade da terrinha. Os donos são impecáveis, simpáticos, atenciosos, divertidos. Sei que posso contar com eles, caso algum dia precise de alguma coisa.
Têm um defeito terrível, tendo em conta as minhas possibilidades económicas. Assumem sempre que sou eu a pagar o meu café e o da A. (uma das minhas amigas que moram comigo). Uma vez ou outra, tranquilo, agora todos os dias? Tenho cara de rica? Já lhes disse em tom de graça que não sou mãe da A.. Não sou! 
Sim, estou a chorar a merda de € 0.60 de café. Estou! Para mais, a A. recebe bem mais que eu, não tem de andar a tiracolo aqui da Rita! Hoje aconteceu igual mas com a C., sendo que a diferença é que a C. sabe o que é não ter dinheiro e fazemos alternado a pagar os cafés.  EU NÃO SOU RICA! Sou feliz mas não é por ter dinheiro, é por ser parva. Portanto, queridos, quando eu der dinheiro para pagar o meu café…

Eram tão fofis*

Imagem

Tenho saudades de arrumar o teu mundo

Imagem
"E agora, com quem me aborreço? Como abraço essa tua mania de passear pela vida, desajeitando os dias? Deixaste as luzes acesas. As migalhas no chão. A camisola amarrotada. A toalha fora do sítio. As minhas noites em desalinho. As horas, vadias. Anda. Tenho saudades de arrumar o teu mundo."

_Miguel Carvalho_

Tenho tantas saudades tuas, meu puto!
Caminhamos a passos largos para os 3 anos da tua ausência.
Aquele dia aproxima-se novamente. Aquele dia que fica suspenso no ar. Que sufoca. Que traz tantas recordações. Luís, aquele dia em que cometeste a maior estupidez da tua vida e em que nos deixaste desamparados e sem respostas. Pior, aquele dia em que nos privaste de ti!
As saudades são o pior sentimento de todos! As saudades que não podem ser mortas, as saudades que não acabam, as saudades que o tempo não consegue jamais curar.
Preciso de ti, meu puto. Dos teus disparates, das tuas gargalhadas, dos teus abraços, do teu eu que não mais encontrei.

"(...) Tenho saudades de arrumar o te…

Mistério resolvido!

Imagem
O João fez mal no meu dia de anos, é um facto. Fiquei triste com a atitude dele, é um facto. Ele veio falar comigo na 6ª, coisa que eu sabia que ia acontecer. 
Então o que se passou para ele ter saído sem avisar? Pelos vistos uma das minhas amigas foi dizer-lhe umas verdades. Que ele tinha de tomar uma atitude, que tinha de decidir-se, que isto não era nada. Pediu-lhe justificações e fez-lhe exigências, coisa que eu não faço. 
Claro que estou agradecida a essa minha amiga por tentar zelar por mim. Claro que não gosto que se intrometam nos meus assuntos quando não os partilho. Para mais, esta minha amiga não sabe de grande coisa, não atura os meus problemas com o João, não me vê sofrer (até porque não sofro com isto) portanto não tinha nada que ter ido meter-se na história.
E o João não gostou. Porque não se dá muito com ela e porque ela fê-lo no meio do bar, perto de outras pessoas. 
Se isso desculpa o silêncio do João? Não, não é uma justificação para ele ter "fugido" da mi…

Quando eu sou má!

Imagem
Como hoje não vou ter muito tempo para escrever, quero desejar um bom fim-de-semana a todos!! O meu vai ser bom, de certeza! Faço sempre por isso! Mas estou com vontade de bater em alguém...
"Mas quem será? Mas quem será?..."


Quando sou boa, sou boa mas quando sou má... ai ui! A ver vamos o que vem por aí! Na 2ª conto novidades. Até já*

Pim-Pam-Pum

Imagem
Silêncio. Há silêncios reconfortantes e há aqueles que magoam. O silêncio que emanas tem esse condão, magoar-me! Estou farta de estar para aqui a "chorar" esta minha mágoa. Eu sou bem mais que isto. Eu mereço muito mais que isso. Não é que mereça melhor que tu ou que eu própria seja melhor que tu. Não sou. Mas merecia mais consideração da tua parte. 
Houve um comentário num dos meus posts que me meteu a pensar.  "Quer dizer que tens um namorado mas só às escondidas?... tem vergonha de te mostrar aos amigos, pisga-se sem se despedir e ainda tem razão?
Tá bonito! ahahah"

Não vejo isto desta forma. Não és meu namorado. Não tens vergonha de mim. Se calhar eu própria expliquei-me mal. Mas como explicar a alguém que não posso pensar dessa forma porque conheço todos os teus amigos? Que todos sabem que estamos juntos? Amigos esses que acabaram por tornar-se meus amigos.  Como posso explicar a um desconhecido que não acho que estejas a esconder-me porque a tua mãe sabe de mim.…

Estranho é tu já não existires!

Imagem
Ontem falaram-me de ti. Uma pessoa que pouco te conheceu mas que quis falar em ti. E a conclusão a que chegou é que tu eras estranho! Não acho normal fazerem-me este tipo de conversa! Estranho?! Em quê? Estranho é tu já não existires! Estranho é olhar seja para onde for e tentar encontrar-te, sem sucesso! Estranho são estas saudades de merda que me fazem ter vontade de espancar quem diz que és estranho. Foste. Este pretérito perfeito que tanto me custa conjugar. Tu foste um rapaz. Tu foste alguém. Tu foste meu amigo. Tu foste uma pessoa de quem eu gostava. Foste. És. 
Tu foste quem foste e ainda bem que foste tudo isso! Tu tinhas ideias alternativas. Ideias que nem todos tinham. Mas não eras, de todo, estranho! Eras alegre, divertido, amigo. Brincavas, rias, amuavas, estavas triste. Tu eras humano. Isso é estranho em quê?  E depois perguntou-me como morreste. Queria pormenores. Pormenores que quero esquecer! Pormenores que poucos sabem. Não quero partilhá-los. Quero esquecê-los. Quer…

As amigas da Rita também cometem gaffes!

Imagem
Tenho uma amiga que tem a mania de fazer conversas parvas nos sítios menos apropriados.  Estávamos nós no café a conversar e ela sai-se com esta:
Ela: "Aquele soutien de ontem fazia-te as mamas mais pequenas." Eu: "Lá estás tu com essa conversa... deixa lá as minhas mamas em paz, pequeninas mas trabalhadoras!" Ela: "O que tens hoje sim, faz-te as mamas mesmo boas e jeitosas!"
[eu começo-me a rir, até que me levanto para ir ao balcão e levanta-se um homem]
Homem: "Eu cá acho que tem umas mamas bem bonitas..." Eu [vermelha até dizer chega]: "...uh... pois..." [e volto a sentar-me] Homem: "Não queria estar a meter-me... não leve a mal!" Eu: "Então não se meta e deixe-me a mim e às minhas mamas em paz!"
[a minha amiga ri-se que nem uma perdida e eu acabo por ser contagiada. Conclusão? Duas malucas a rir à gargalhada em pleno café e um maluco a gabar-me as mamas!]







Eu já fiz muita merda!

Eu já fiz voluntariado. Eu já saltei de páraquedas. Eu já me embebedei (mais do que uma vez). Eu já fui traída. Eu já fui jogadora de futsal. Eu já fui a Londres. Eu já perdi um grande amigo meu. Eu já deixei morrer um animal de estimação. Eu já dei um show no Karaoke. Eu já participei em corridas de carrinhos de rolamentos. Eu já desci uma ladeira de bicicleta e fui contra um muro. Eu já nadei nua. Eu já pensei que estava grávida. Eu já me interessei por alguém que nunca tinha visto. Eu já terminei a minha Licenciatura.
Eu já fui a 2 edições do Rock-in-Rio. Eu já bati em outra mulher. Eu já caí de saltos altos. Eu já perdi dinheiro. Eu já trabalho desde os 16 anos. Eu já terminei o meu Mestrado. Eu já andei de cavalo. Eu já subi a árvores.
Eu já fui ao Sudoeste. Eu já fiz corridas de kart. Eu já dancei no meio do trânsito. Eu já fiz uma pega a um novilho.
Eu já fui escuteira. Eu já fiz vinho em lagares. Eu já tomei a pílula do dia seguinte. Eu já menti para proteger alguém. Eu já go…

Meu puto#5

Imagem
Fizeste-me falta no sábado! E chorei. E recordei o meu último dia de anos em que participaste. 28 de Junho de 2009. Parece tudo tão distante. Parece uma noite que nunca existiu. Menos de 2 meses depois, desapareceste. Sem aviso ou porquês. E vamos aos sítios do costume, sítios esses que não mais foram os mesmos. Vejo as fotos desse dia e apareces em quase todas. E vejo as fotos dos anos seguintes e já não apareces em lado algum. Fazes falta todos os dias e em todos os sítios. Sinto a tua falta como se fosse uma sombra sobre os meus ombros. Pesada. Dolorosa. Fiz 25 anos mas queria tanto que o tempo voltasse para trás. Para te segurar. Para te ouvir. Para ter-te aqui, bem juntinho de mim.
Sim, adoro fazer anos. Adoro festas. Adoro o convívio. Mas sei que nunca nada voltará a ser o que foi um dia. Nada ou ninguém conseguirá preencher o vazio que deixaste em todos nós. Conforta-me imaginar que estiveste comigo no sábado. Sei que sim. Vives em todos nós. Vives em todo o lado. Quero que sa…

Assim foi...

Imagem
Olá pessoal!
Sabem aquela ideia de desligar o cérebro de que tanto falo neste blog? Saltar de páraquedas é isso tudo e muito mais! Parece que ficamos suspensos no ar e simplesmente não sentimos nada! Os segundos passam devagar e queremos absorver todas as sensações e imagens que nos rodeiam! Claro que ter um macaco pendurado nas costas (tive de levar o instrutor à pendura!) tira um pouco da magia do que fantasiámos antes  mas ainda assim é uma experiência ESPECTACULAR!
À noite tive o jantar de anos. Éramos 32 pessoas (obviamente há sempre quem cancele tudo à última hora) e gostei imenso. Divertimo-nos, rimos, dançámos, bebemos. Bom, confesso que abusei no álcool. E briguei com o João. Briguei feio! Não sou nada de andar agarrada a ele mas nessa noite fui dar-lhe um beijo e ele afastou-me! "Perto de outras pessoas não andes sempre colada a mim!". "Não me pressiones!". Mandei-o meter a pressão num sítio que cá sei (sim, eu sei que não é a melhor forma de resolver as…