Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2016

Parabéns a mim!

Imagem
Pois é, dizem que fiz 29 anos. 29. Não me sinto com 29 anos. Tenho dias em que me sinto bem mais nova e outros que me sinto tão velha.  O dia correu bem, tirei o dia de folga e estive com a minha família. Bem, tirei o dia de folga para tratar dos últimos pormenores para o regresso do meu Avô a casa mas ainda assim consegui aproveitar o dia. O Avô não me reconheceu. Não foi a primeira vez que aconteceu mas logo no meu dia de anos, custa. Não estava à espera. Mas pronto, tenho de habituar-me à ideia porque haverá mais dias assim.
Sábado vou fazer o meu jantar de aniversário, com os meus amigos de sempre. Preciso de distrair-me e rir. Beber uns copos e ir sair à noite.

O meu Avô tem alzheimer#6

Imagem
De amanhã a 8 dias o Avô regressa a casa! Continua sem conseguir andar mas ontem teve uma evolução fabulosa... conseguiu ser ele a andar com a cadeira-de-rodas. Devagar mas sozinho, sem termos de insistir. Pareceu-me feliz e motivado para tentar. Sei que é por saber que vai para casa... porque apesar da Neurologista dizer que ele não retém novas informações, há coisas que memoriza. Como o nascimento da minha sobrinha, como o dia em que vai para casa, como a minha promessa de fazermos uma festa de boas vindas. 
Avô, vais para casa e tenho feito os possíveis para arranjar as condições necessárias para que vivas bem lá em casa! Já tenho uma cuidadora contratada, já encomendei a cadeira-de-rodas e as obras estão a terminar. Há-de correr tudo bem porque tu mereces o mundo!!

PS: Amanhã faço anos. 29 anos!

Do mês de Junho...

Imagem

O meu Avô tem alzheimer#5

Imagem
Este fim-de-semana foi prolongado e tiveste os 4 dias LÚCIDO! Todos eles! Riste, brincaste, conversaste. Todos ficaram admirados com este teu desenvolvimento!
Sempre tive uma relação bastante próxima com os meus Avós. Trato-os por tu, brinco com eles, rimos, passeamos. Passo tempo de qualidade com eles, porque é também tempo de qualidade para mim. Choca-me o espanto da equipa dos CC porque não há ninguém lá que tenha uma família tão presente como a minha. Não devia ser uma excepção e sim a regra!
No sábado fiquei na sala de convívio a conversar com todos. Os CC têm pessoas de todas as idades, uns mais velhos e outros mais novos mas todos com grande problemas de saúde! E dou por mim a rir e a ouvir o que têm para me contar (muitos deles contam a mesma história vezes sem conta) e não há nada mais prazenteiro do que todos me darem as boas vindas e saberem o meu nome, brincando e contando as novidades,
Sinto-me tão bem com eles!
E o meu Avô finalmente desinibiu-se e já fez novos amigos :…

O meu Avô tem alzheimer#4

Imagem
Os dias em que o Avô está lúcido são os melhores para mim mas os piores para ele. Ir visitá-lo e assim que os nossos olhos se encontram, noto claramente o seu olhar de reconhecimento e o seu sorriso espontâneo e cheio de amor. Noto também aquela tristeza de quem sabe que tem alzheimer e que nem sempre se lembra das pessoas de quem gosta. Sentir aquela felicidade quando digo na brincadeira "então hoje a tua cabeça está arrumadinha?" e ele ri-se, dizendo logo "És a Rita, a minha neta favorita!". 
Tenho tanto medo desta doença que tem evoluído em tão pouco tempo e que limita a nossa vida, a nossa felicidade. Tentar perceber se temos dinheiro suficiente e condições suficientes para que ele regresse à casa onde viveu a vida toda (e onde cresci) para ter o acompanhamento necessário e com a qualidade que merece. Sinto-me triste e muitas das vezes desmotivada porque queria dar-lhe o mundo e só consigo dar-lhe umas estrelas :( Não desisto de ti!

Porque hoje é dia da criança e eu fui imensamente feliz!!

Imagem
Em todos os intervalos!



O favorito dos Avós e o filme do qual sei as falas todas!!

O discman partilhado por toda a turma e que bloqueava com a trepidação do carro...
 O vício dos livros de BD do Professor Pardal, Tio Patinhas, Maga Patalógica, Mónica, Cebolinha e afins.
As tardes de sábado a jogar com o meu irmão!

As quedas nas ruas do bairro.

As casas na árvore que o avô fazia. Fazia muitas porque éramos terroristas! ahah

E tantas outras coisas que recordo com amor e saudade!!