Mensagens

A mostrar mensagens de Janeiro, 2015

Continuas comigo?

Luís, nunca mais te escrevi. Quis fechar este capítulo da minha. Não apaga-lo... Como poderia algum dia esquecer quem foste? A verdade é que este ano completam-se 6 anos desde que morreste. Tanto tempo sem ti... Tanta vida que deixaste para trás. Onde estarias agora? Quem serias hoje em dia? Já não terias o teu sorriso metálico. Será que continuarias a andar de mota e a dizer parvoíces nas alturas menos adequadas? Vejo-te em todo o lado. Sinto-te perto. Não, não estou maluca! Mas sinto-te comigo. E quando te sinto presente, sinto-me bem. Tens alguma ideia da falta que fazes? Das vidas que mudaste?
Hoje preciso dizer isto: O meu puto suicidou-se há 6 anos e com ele levou um pedaço de cada um de nós. Meu puto!