segunda-feira, 23 de julho de 2012

Continuo f*dida

O meu amigo (aquele que se casou no outro dia e que se esqueceu de me avisar) voltou de lua-de-mel. Vou eu na rua, com mais uma amiga minha, a rir e a beber uma imperial e oiço alguém chamar pelo meu nome. Era ele. 

Casado: "Então, está tudo bem? Ainda não te tinha visto desde que vim para Portugal..."
Eu: "Pois não, eu nem sabia sequer que tinhas chegado..."
Casado: "Pois, não avisei muita gente... vim casar-me."
Eu [a fazer-me de parva]: "Ah pois, ouvi qualquer coisa sobre isso... então a cerimónia teve muita gente? Ou foram só os amigos mais íntimos?"
Casado: "Esqueci-me de te dizer... e tu estás lixada com isso. Foi falha minha e da M., desculpa."
Eu: "Não, foi falha tua. A M. não é minha amiga desde os 3 anos. A M. conhece-me porque é namorada de um dos meus melhores amigos... não foi a M. que há um ano atrás ligou a dizer que ia ser pedida em casamento. Não foi a M. que há 3 anos ligou a dizer que estava grávida."
Casado: "Tens razão..."
Eu: "Pois tenho! Tem uma boa estadia aqui em casa e bom regresso. Manda um beijinho à C. (a bebé dele) e à M."
Casado: "Vamos falar sobre isto..."
Eu: "Só te casas uma vez, não me parece que haja muito mais a falar sobre este assunto. Está tudo bem, deixa lá isso."

E fui embora. 



6 comentários:

  1. O que não me admira nada é que eu teria reagido da mesma forma...*

    ResponderEliminar
  2. reagiste bem!
    agora não te massacres e tenta ignorá-lo! ele foi parvo (esqueceu-se?!) mas agora já está...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Menos um envelope de dinheiro para contar =D

      Eliminar
  3. Epá.. não me esquecerei de te convidar para o meu casamento!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho bem, detesto ir ao cabeleireiro, manicures e afins!

      Eliminar

Todos temos os nossos dias, as nossas opiniões, as nossas afinidades. Felizmente nem todos gostamos do mesmo.

Aceitam-se elogios. Aceitam-se críticas construtivas.

Dispenso insultos e estupidez gratuita.

Welcome stranger ;)