terça-feira, 24 de abril de 2012

Emboscada

Hoje, quando fui tomar duche como em todas as manhãs, a minha nova colega de casa fez-me uma emboscada. Precisava de conselhos e de desabafar. Eram 7.30h da manhã e aquela pessoa queria que fizesse de psicóloga. Tenho péssimo acordar, é um facto. Não sou daquelas pessoas que acorda com vontade de conviver. Já a avisei disso imensas vezes. Limito-me à boa educação e digo um mísero "Bom dia". E pronto, de manhã é o máximo que quero dar. Porque raio ela insiste em vir pregar-me o seu típico "Sermão de Santo António aos Peixes"? É que se ainda fosse uma moça assertiva, concisa e rápida, uma pessoa ainda perdia 5 minutinhos antes de ir trabalhar. Mas assim é demais. E começo a ganhar-lhe um certo odiozinho de estimação,  o que não é propriamente saudável de acontecer com colegas de casa. 

Ela até me parece boa pessoa, sinceramente. Mas é tão chatinha e desarrumada. E eu nem sempre tenho paciência. Juro que tento mas não sou pessoa de acumular más energias, gosto de resolver os problemas na hora. Depois passo por bruta. Outro facto. Mas ao menos sou leal aos meus princípios e não mando recados. É que não há coisa pior do que sorrisos na frente e facadas nas costas.



Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos temos os nossos dias, as nossas opiniões, as nossas afinidades. Felizmente nem todos gostamos do mesmo.

Aceitam-se elogios. Aceitam-se críticas construtivas.

Dispenso insultos e estupidez gratuita.

Welcome stranger ;)