segunda-feira, 28 de maio de 2012

As grande loucuras de hoje são as melhores lembranças amanhã!

Sábado fui à lua e acho que ainda por lá ando. Fomos jantar, tal como disse aqui que ia acontecer, acabámos por encontrar 2 amigos nossos que tiveram um filhote há coisa de ano e meio (e por razões mais que óbvias abrandaram o ritmo de vida boémio) e a noite foi muito bem passada. Risos, conversas e muita dança. A noite foi bem regada (quando é que ganhamos juízo), com direito a danças tribais por parte da minha cunhada (é o que dá ir fazer noitada com uns sapatos que dão conta dos pés). Não paguei nada a noite toda. O João pagou o meu jantar adiantado e, mal chegámos ao bar, avisou logo o empregado que estava "proibido" de aceitar dinheiro meu. Até me passei! Detesto andar à conta de outra pessoa... mas e ele entender isso? Mas pronto, "briguinha" à parte, ele decidiu que a noite era ideal para termos a tal conversa séria (Pessoal, não é boa ideia juntar à noitada de copos uma conversa séria!). Conclusão? Acabei por não entender nada de nada! Mesmo nada, acreditem! Tanto que lhe disse que ele às vezes faz acordar a mulher-burra que existe em mim. De qualquer modo, acabei por conduzir o carro dele (coisa que jurei nunca fazer) e fomos dormir à minha casa (uma outra que tenho nos arredores da terrinha e que andamos a tentar vender). Até aí muito bem, não fosse ele ter-se esquecido de avisar a rica da mãezinha (que é uma querida, por sinal) e a senhora ligou aos amigos todos dele a saber do filhote. Como ninguém sabia nada, toca de ligar para os bombeiros e GNR. Até que um amigo dele lembrou-se de me ligar. Uma coisa que é suposto ser discreta, já é de conhecimento geral entre os dele. Toma que é para aprenderes a tomar atenção ao que te digo! Quando eu te aviso que é melhor e mais responsável avisar a mãe de que não vais dormir a casa (independentemente da tua idade, é uma questão de respeito), deves seguir o meu conselho.

As mulheres são tão mais sensatas e responsáveis em tantas situações. 
Perdoai, Rita, ele não sabe o que faz!




Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos temos os nossos dias, as nossas opiniões, as nossas afinidades. Felizmente nem todos gostamos do mesmo.

Aceitam-se elogios. Aceitam-se críticas construtivas.

Dispenso insultos e estupidez gratuita.

Welcome stranger ;)