terça-feira, 5 de junho de 2012

Detesto estas conversas de merda...

Não há dia no metro em que não apanhe pessoas não-me-toques-que-me-desafinas. E se me irritam essas pessoinhas que não fazem outra coisa senão reclamar de tudo e todos, de pregar aos 7 ventos o quão doentes são, o quão pobres estão, o quão piores estão do que os outros. Epah, irritam-me! E aqui a je tem sempre a pontaria de levar com esta gente no metro. Tanta carruagem, tantos lugares desocupados e vou sempre sentar-me perto destas pessoas.

Eis o diálogo de hoje:

Pessoinha 1: Ai Joaquina, estou que nem posso. Doí-me isto, aquilo e o outro...
Pessoinha 2 [a interromper]: Nem me digas nada, estou muito pior. Nem sei o que faça mais, o médico não me manda fazer os exames que preciso e...
Pessoinha 1 [também a interromper]: Estes médicos de hoje em dia só vêem dinheiro à frente, nem querem saber do que o doente precisa. Uma pessoa anda cada vez pior e eles não ligam nenhuma... eu tenho cá uma dor...
Pessoinha 2 [a elevar o tom de voz]: E depois levam o dinheiro todo. Uma pessoa trabalha e só não trabalha mais porque estas dores não deixam, e ninguém faz nada do que nós pedimos. E dinheiro para medicamentos? Tenho cá umas enxaquecas e os comprimidos ainda são caros...


E assim se passou uma das viagens mais longas que já tive no metro. De notar que eram 2 mulheres relativamente novas e que não fizeram mais nada senão reclamar de tudo e gritar. A enxaqueca ficou para mim, ganhei-a de herança!




2 comentários:

  1. Ai está um dos aspectos negativos de andar de metro,esse tipo de conversas não me agrada nada até porque chega um certo ponto em que parece uma competição para ver quem tem mais problemas,haja paciência.Que a viagem de retorno seja mais agradável ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deus te oiça!!! Ainda por cima não trouxe os phones! Grrr

      Eliminar

Todos temos os nossos dias, as nossas opiniões, as nossas afinidades. Felizmente nem todos gostamos do mesmo.

Aceitam-se elogios. Aceitam-se críticas construtivas.

Dispenso insultos e estupidez gratuita.

Welcome stranger ;)