segunda-feira, 11 de junho de 2012

Meu amor!

Este sábado tive a despedida de solteira de uma amiga minha, cá em Lisboa. Foi uma noite muito bem passada  , divertida e cheia de boa disposição. E recebi um telefonema do João, a perguntar como estavam a correr as coisas. Tudo muito normal. O problema é que eu tenho a péssima mania de chamar "Meu amor" quando falo com os meus amigos ou família e foi assim que me despedi do João. "Tem um resto de boa noite, meu amor!". Desliguei e não mais pensei no assunto, tal foi a intenção com que o disse. Ontem à noite, o João torna a ligar-me. A meio da conversa, sai-se com "Nunca me chamaste de Meu amor... foi o álcool que te fez dizer aquilo?". E eu hesitei na resposta, nem tinha reparado que o tinha dito. Expliquei-lhe que uso muito isso enquanto expressão mas às vezes quanto mais quero dar uma simples explicação, enrolo-me toda e digo disparates. "Digo isso a toda a gente...". Silêncio do outro lado. Silêncio deste lado. "Autch, essa doeu.". Comecei a rir (quando fico nervosa, dá-me para isso) e pedi desculpa, que não era bem isso o que queria dizer. "Olha, estou a chegar a Évora e vou ter de desligar. Mas quero que tenhas uma boa noite, que durmas bem e olha, meu amor, até 6ª". E desligou. E eu fiquei com as palavras "Meu amor" em suspenso. A levitar.



"Meu amor, saíste-me a sorte grande!"


PS: Luís, no sábado foi a Queima da tua irmã. Que orgulho! Onde quer que estejas, sorri*
Sinto tanto a tua falta!

6 comentários:

  1. Respostas
    1. Sim, é lindo e faz-me derreter ;) E logo eu, que nunca fui destas coisas lamechas! O amor modifica-nos?

      Eliminar
  2. Oh... o teu João é de Évora?
    Que giro, estudei lá 4 anos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O meu João foi trabalhar para Évora há menos de um mês. Ele é da minha terrinha mas agora surgiu oportunidade de trabalho em Évora, ainda por cima na área que ele gosta e pronto, lá foi ele para (ainda mais) longe de mim!

      De Bragança a Lisboa são 9h de distância. E de Lisboa a Évora, são bem menos, certo? =P

      Eliminar
  3. Vives em Lisboa?
    A distancia não é nada! Olha para mim! loool

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A distância por vezes é bem mais do que em termos de km :(

      Eliminar

Todos temos os nossos dias, as nossas opiniões, as nossas afinidades. Felizmente nem todos gostamos do mesmo.

Aceitam-se elogios. Aceitam-se críticas construtivas.

Dispenso insultos e estupidez gratuita.

Welcome stranger ;)