terça-feira, 19 de junho de 2012

Rita e as Gaffes

Conheço um rapaz que, apesar de novo, é completamente calvo. Mas é um rapaz descomplexado e que brinca com situação, tal como brincamos todos. 

Ora estávamos no café, este fim-de-semana, em amena cavaqueira e a beber umas minis, quando lhe atiro à cabeça o rótulo da garrafa. Ele tenta cabecear e diz "Cuidado que ainda me despenteias!". 

E o que é que aqui esta IDIOTA responde?? "Vê lá se ainda me furas é a bola!".  Claro que a minha intenção não era, de todo, dizer-lhe que ele tinha a cabeça enfeitada! Era mais naquela da crista, que eu não mando bocas sobre a fidelidade alheia. Saiu-me mesmo mesmo mal!

O que me valeu foi que ele viu a minha atrapalhação e disse "A tua sorte é que eu já te conheço, sei bem que não quiseste insinuar nada!".

Ainda há vezes em que falo antes de pensar! Já me controlo mas ainda há vezes que sai disparado!



6 comentários:

  1. Respostas
    1. Saiu-me mal foi a mim! Ficou aquele silêncio estranho, em que parece que ouves os grilos a cantar =P

      Eliminar
  2. os amigos têm muito mais paciência para as nossas gaffes, felizmente!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem ou eu já tinha levado uns "tabefes" na cara! ahahah

      Eliminar
  3. ah ah ah...sou tal e qual como tu! Tantas vezes que falo sem pensar, sai disparate e depois chamo idiota a mim própria. É pura espontaneidade. Enfim, quem já nos conhece, sabe que não é por mal. É mesmo natural ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É natural mas essa espontaneidade por vezes mete-me em situações comprometedoras! Ai ai ;)

      Eliminar

Todos temos os nossos dias, as nossas opiniões, as nossas afinidades. Felizmente nem todos gostamos do mesmo.

Aceitam-se elogios. Aceitam-se críticas construtivas.

Dispenso insultos e estupidez gratuita.

Welcome stranger ;)