quarta-feira, 27 de junho de 2012

Saudavelmente parva

Hoje quando acordei, acordei maldisposta. Tinha sono, queria dormir mais, tinha calor e não me apetecia vestir nada do que tinha no armário. As típicas birras das mulheres. Fui ao café do bairro, que tem um empregado super simpático e que tem quase um "efeito Vasco Palmeirim" sobre mim e ele disse-me para experimentar ir na rua e cumprimentar as pessoas. Chamei-lhe maluquinho, alguma vez ia falar com estranhos feita parva? E fui para o metro. Mas então, como por vezes a parva que em mim habita ganha vida, pensei "Porque não?" e toca de dizer bom dia quando passava por alguém. As pessoas respondiam e olha, até fiquei mais bem-humorada. ahah

Experimentem!!!
Mas não comigo, certamente ia achar que eram uns parvinhos quaisquer a tentar meter conversa! =P 



4 comentários:

  1. Respostas
    1. Foi a primeira vez que fiz e soube-me bem... mas também acredito que haja pessoas mal-educadas e que não tolerem esse tipo de abordagem!

      Eliminar
  2. Já experimentei em tom de brincadeira, com o meu namorado e é realmente bom, principalmente ver a quantidade de pessoas que dá mesmo uma resposta.
    Ele é que tem a mania de fazer isso, e quando vamos de carro, pela cidade, eu a conduzir e ele de vidro aberto e mão no ar, a cumprimentar tudo e todos. De rir :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu no carro já tinha feito mas era mais a gozar, tipo Mr. Bean a cumprimentar as pessoas! ahahah

      Eliminar

Todos temos os nossos dias, as nossas opiniões, as nossas afinidades. Felizmente nem todos gostamos do mesmo.

Aceitam-se elogios. Aceitam-se críticas construtivas.

Dispenso insultos e estupidez gratuita.

Welcome stranger ;)