Largueza da copa!

Já aqui falei nisto, quando andava tudo bem connosco. E confesso que não entendo bem este tipo de atitudes. 

Ontem estava em casa, a passar creme nas pernas porque tenho de ter aquele cuidado com a minha pele, e recebo um telefonema. Era o F., o meu namorado dos 15 aos 18 anos. Nós damo-nos bem, mantivemos o contacto mas nada de especial.

F.: "Olá, então tudo bem?"
Eu: "Tudo óptimo e contigo?"
F.:"Também, está tudo bem. Olha, quero...

Eu[Ao deixar cair o frasco do creme]: "Merda, espera lá que deixei cair o creme..." [Entretanto tenho as mãos com creme e deixo cair o telemóvel] "Merda!"
F.:"Isso 'tá complicado... que andas a fazer?"
Eu: "Estava a meter creme nas pernas e tenho as mãos escorregadias"
F.: "Hum, creme... queres ajuda a passar o creme?"
Eu: "O quê?!"
F.: "Se queres ajuda a meter o creme no teu corpo..."
Eu[a rir]: "E ganhares juízo, isso já não te apetece? Isto há com cada um..."
F.: "Qual é que é o problema? Até parece que nem nos conhecemos..."
Eu: "O problema é que eu de ti só quero uma coisa..."
F.: "Hummm... o quê, conta-me lá" [tentiva de voz sexy]
Eu: "DISTÂNCIA!"

Uma pessoa tem de ouvir cada coisa, de cada pessoa, que até mete impressão.
Vai de retro, Satanás!


Comentários

Enviar um comentário

Todos temos os nossos dias, as nossas opiniões, as nossas afinidades. Felizmente nem todos gostamos do mesmo.

Aceitam-se elogios. Aceitam-se críticas construtivas.

Dispenso insultos e estupidez gratuita.

Welcome stranger ;)

Mensagens populares deste blogue

A tua irmã*

Desabafo

Dos rumores