quarta-feira, 19 de setembro de 2012

As mulheres de hoje


Fonte: noazulpoente@blogspot.pt


"(...) Há muitos homens que querem assentar, encontrar alguém com quem passar a tarde de domingo enroscado no sofá... (...)"
(...)As mulheres de hoje querem beber mais do que nós, aproveitar mais do que nós, f**** mais do que nós. (...)
(...) Querem viver todos os segundos do dia, como se amanhã fosse o fim do mundo. (...) 
Estas mulheres andam na casa dos 20/30 anos mas um dia acordam e já estão a bater nos 40. (...)
 têm tudo o que um homem normal quer mas elas não querem homens normais. (...)"


Eu não encontro homens normais, que queiram ir ao cinema, passear, comer um gelado.
Eu gosto de farra, gosto de aproveitar a vida e tudo a que tenho direito. Mas gosto dos momentos a dois, dos dias calmos, da cumplicidade.
Sei que o tempo passa, sei que a vida passa, sei que não serei eternamente jovem.
Quero um homem normal, que me queira agora enquanto jovem e inconsequente e que me queira com rugas, cabelos brancos e com o corpo envelhecido.

Concordo em muitas questões levantadas pelo autor do texto. As mulheres andam fúteis, desligadas e em permanente afirmação da sua independência e da sua feminilidade.
Mas tal como os homens não são todos iguais, as mulheres também não o são.

14 comentários:

  1. Concordo com o texto. As mulheres andam doidas, às vezes até sinto vergonha.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, há mulheres que não têm noção do ridículo! Só não concordo com a generalização mas pronto, é inevitável!

      Eliminar
  2. Ahah adorei este texto, Rita! :)

    É bem verdade, as mulheres andam uma vergonha. Mas mesmo as que têm esse tipo de vida, não o assumem e às tantas também acham piada a este texto! :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se calhar muitas nem se identificam no texto! Achamos sempre que somos melhor do que o que realmente somos =P

      Eliminar
  3. Eu sou antiquada, gosto de chegar a casa e de ser eu a fazer o jantar, quando vamos sair gosto de ir com ele, e não bebemos álcool. Prefiro um passeio a pé do que uma discoteca.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha, eu bebo álcool e gosto de sair à noite mas tem haver peso e medida, como em tudo!

      Durante a semana, por exemplo, prefiro ir beber um café e dar um passeio ou apenas ficar por casa. Também gosto da calma, do sossego.

      Atenção que não é por uma pessoa gostar de festa que é uma vadia ou uma mulher de maus-costumes :)

      E sim S., sei que não foi isso que quiseste dizer! ;)

      Eliminar
  4. "Atenção que não é por uma pessoa gostar de festa que é uma vadia ou uma mulher de maus-costumes :) "
    Concordo em absoluto.
    O pior são aquelas que esse é o seu estado permanente. Turn off completo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O tal meio-termo de que falo atrás!

      É essencial uma pessoa saber que pode ser livre sem no entanto colocar em causa a liberdade da pessoa com que está! O respeito é tudo!

      Eliminar
  5. ando a procura do mesmo que tu, está dificil ;) mas sim, há mulheres que abusam do ridículo mas ainda há as que se safem e sejam sérias!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro Joana! Tal como há mulheres assim, também há homens que não interessam a ninguém, daí que foque a generalização e o quão errado é fazê-lo!

      Eliminar
  6. As mulheres andam meias passadas, mas acho que muitas delas são assim com medo que os homens achem que são aborrecidas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E forjam a maneira de ser, estar e viver só para que um badameco qualquer ache que são interessantes? Haja força de vontade!

      Eliminar
  7. Respostas
    1. Há por aí mulheres dos seus 20/30 anos que têm muito conteúdo ;)

      Eliminar

Todos temos os nossos dias, as nossas opiniões, as nossas afinidades. Felizmente nem todos gostamos do mesmo.

Aceitam-se elogios. Aceitam-se críticas construtivas.

Dispenso insultos e estupidez gratuita.

Welcome stranger ;)