segunda-feira, 24 de setembro de 2012

O amor não me quer encontrar.

"Há dias cinzentos
E dias de cor
Frágeis momentos
Com outro sabor

Lágrimas caem no chão
Como a chuva do céu
Suspendo mil sonhos no ar

Fico à espera que o Sol
Rasgue as nuvens
Me aqueça e te faça voltar
O amor não me quer encontrar

A preto e branco
Tiro uma fotografia
Rasgo-a em mil pedaços
E nasce um novo dia

Fecho os braços devagar
Sinto o teu respirar
Acredito que o tempo vai mudar

Fico à espera que o Sol
Rasgue as nuvens
Me aqueça e te faça voltar
O amor não me quer encontrar

O amor não me quer encontrar

São dias cinzentos
Que nos fazem pensar

Fico à espera que o Sol
Rasgue as nuvens
Me aqueça e te faça voltar
O amor não me quer encontrar

O amor não me quer encontrar
O amor não me quer encontrar"



_"O amor não me quer encontrar"_Ricardo Azevedo_

3 comentários:

  1. Respostas
    1. Eu sabia que também conhecias esta ;)

      Sim, eu sei que sim! Já aqui disse que o que é meu, está-me reservado ;)*

      Eliminar

Todos temos os nossos dias, as nossas opiniões, as nossas afinidades. Felizmente nem todos gostamos do mesmo.

Aceitam-se elogios. Aceitam-se críticas construtivas.

Dispenso insultos e estupidez gratuita.

Welcome stranger ;)