Avançar para o conteúdo principal

Voltei a ser bruta (mas por uma boa causa).

Cada vez mais me incomodam algumas atitudes de algumas pessoas nesta cidade!
Hoje ao entrar no metro, no meio da azáfama matinal habitual, vejo uma senhora com os seus 80 anos (se não mais). A senhora vai a entrar na carruagem, desequilibra-se e apoia-se numa miúda. Esta não vai de modas e diz: "Estás-me a empurrar para quê?". Assim, a tratar por tu uma senhora com idade para ser avó dela e num tom de voz frio e demasiado elevado para o meu gosto. 
A senhora pediu desculpa, explicou que tinha tropeçado e agarrou-se para não cair.
A miúda responde: "Não sei o que raio os velhos andam a fazer tão cedo no metro, não têm nada para fazer e andam a estorvar a vida dos outros!". Assim, sem mais nada.
Eu sei que não era nada comigo mas virei-me para a miúda, que nem idade tinha para levar uma chapada, e disse-lhe que também não entendia como era possível os pais terem permitido que uma pessoa tão mal-formada viesse ao mundo. Olhou para mim, olhei para ela e... a miúda calou-se e virou as costas.
Sorri para a velhota, a velhota devolveu o sorriso e pronto, a minha manhã começou muito melhor!



Comentários

  1. Com ou sem idade para levar uma chapada, era o que ela merecia, a mal-educada!
    No entanto, o contrário também me irrita - pessoas mais velhas, muito mais velhas, que se sentem no direito de nos tratar por tu, só porque são mais velhas! O respeito funciona nos 2 sentidos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, concordo que tenha de funcionar nos dois sentidos mas neste caso em concreto, a senhora foi extremamente educada com a parva da miúda!

      Não levou chapada nenhuma porque não sou dada a esses extremismos!

      Eliminar
  2. Raios partam a miuda, não gosto quando são mal educadas e ainda por cima com os velhotes, fizeste muito bem, aprecio a coragem :)
    assim o dia começou mais feliz para ti

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por vezes são atitudes irreflectidas da minha parte mas pronto, teve de ser!

      Eliminar
    2. Alguém tem de ensinar esta maltinha nova estúpida! Se não o fazem em casa, alguém tem de o fazer na rua! Fizeste lindamente, nada de arrependimentos!

      Eliminar
    3. Esta miúda devia ter aí uns 20 anos mas os 20 anos dela não têm nada que ver com os 20 a que estou habituada!

      Não, não me arrependo ;)

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Mesmo a sério!, S*! Apanho cada uma no metro, só visto!

      Eliminar
  4. Parabens! Tiveste uma atitude louvavel.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que quando eu for velha vou ser daquelas insuportáveis ;)

      Eliminar
  5. eu não sei se me continha ou se lhe dava um estalo e depois dizia qualquer coisa: "ai desculpa, és mesmo uma pessoa, ouvi umas bocas de gente tão mal formada que não pensava que fosse uma miúda estúpida!"

    pronto, na verdade não diria nada disto, mas vontade não ia faltar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahahah, também tive de conter um bocado o mau génio! Perdia a razão toda se me "virasse" à miúda!

      Mas vá, fica a ideia ;)

      Eliminar

Enviar um comentário

Todos temos os nossos dias, as nossas opiniões, as nossas afinidades. Felizmente nem todos gostamos do mesmo.

Aceitam-se elogios. Aceitam-se críticas construtivas.

Dispenso insultos e estupidez gratuita.

Welcome stranger ;)

Mensagens populares deste blogue

A tua irmã*

Ontem estive a escrever a fita de finalista da tua irmã. Com muito orgulho e satisfação. E tu estás presente, de uma forma discreta, que só ela entenderá. Mas estás lá. Sei que deves estar orgulhoso e que vais estar presente. Toma conta dela, protege-a, fá-la feliz. Se há alguém que merece, é ela. Perdeu-te a ti e logo de seguida o vosso Pai. Em menos de 6 meses, perdeu metade da família. Não é justo e ela merece mais. Tudo. Quero tanto vê-la feliz.



Parabéns Srª Engenheira!
*ORGULHO*


PS: Estou aqui para Ela. Estou mesmo, Luís. Por muito que me custe estar com ela nos lugares em que estivemos todos juntos, um dia (muitos dias). Por muito que ao olhar para ela, te veja a ti. Que magoe. Porque a saudade dói*

Dos rumores

Sábado. Vou jantar fora com o meu irmão, cunhada e mais uns casais amigos. O S., um dos meus amigos recentemente solteiro também foi. O jantar decorreu das 20:30h às 23h. Às 23:30h recebo uma mensagem do João a perguntar se ando metida com esse amigo nosso. Fico completamente à nora com a conversa. Recebo sms do meu ex-namorado a perguntar o mesmo. Pergunto ao S. se ele já tinha ouvido algum rumor. Diz que sim mas que por ele é tranquilo. E começa cheio de insinuações e conversas parvas. Só meu dou com atrasados e estou tão farta disto!
O João liga-me e chama-me de dançarina. Não compreendo a conversa e eis que me diz "ontem andaste a dançar com o teu novo namorado. Já fiquei para trás?".
ANORMAL!

Parabéns meu puto!

Mais um ano puto. 23 aninhos de uma vida que devia ter continuado. Cada vez mais me custa recordar a tua voz. Engraçado que sempre que fazes anos, o facebook enche-se de fotos e de conversas a recordar-te. E sabes o que me entristece? Saber que um dia vais voltar a fazer anos mas não há nenhuma história nova para contar.
Tenho tantas saudades tuas Luís! Do teu riso, do teu sorriso metálico, dos teus disparates. Onde quer que estejas, que a tua alma não se perca. Tu continuas a trazer o melhor de cada um de nós e isso é inesquecível e impagável.
PARABÉNS PUTO!!