sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Razões para usarmos óculos quando realmente precisamos deles

Hoje vou a sair de casa e reparo num carro preto estacionado à porta da minha casa. Um Audi A3 e cujas letras da matrícula são iguais às do carro do João. O meu coração acelera. Começo a olhar em volta, rezando baixinho não sei bem para quê. 
De mala de viagem ao ombro, mala de senhora e ainda mala do portátil, dou por mim a fraquejar e quase a deixar cair as ditas no chão. É ele! Avisto-o ao longe. Vem na minha direcção, distraído e a mexer no telemóvel. Agarro instintivamente no meu, na esperança de que esteja a ligar para mim. Nada.
Ele vai-se aproximando e só quando está a escassos metros de mim reparo que não é ele. É um homem muito parecido mas não é ele.
É Rita, não comeces a meter as lentes de contacto ou os óculos logo pela manhã que não vale a pena. Depois passas por situações constrangedoras e não sabes porquê!
Estúpida!


3 comentários:

  1. Ai! O teu blog agr não me aparece actualizado na lista dos blogs que leio :/ grr*

    ResponderEliminar
  2. Que situação Rita,acho que isso é o teus olhos a desejarem ver o que vai no teu coração.Bom fim de semana :)

    ResponderEliminar
  3. Eu acho que o meu blog não anda a passar em lado algum e não consigo saber porquê!!! Tinha cerca de 100 visitas diárias e agora ando com 2 ou 3!

    ResponderEliminar

Todos temos os nossos dias, as nossas opiniões, as nossas afinidades. Felizmente nem todos gostamos do mesmo.

Aceitam-se elogios. Aceitam-se críticas construtivas.

Dispenso insultos e estupidez gratuita.

Welcome stranger ;)