quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Meu puto#10

Não sei bem porquê mas hoje entrei no Hi5. Achava que já tinha fechado a conta mas afinal não. Lá estão memórias e fotos de outros tempos. Lá está o teu perfil, Luís. As tuas coisas, os teus pensamentos, as tuas anedotas. 
Recordar-te tornou-se um paradoxo. Doloroso e apaziguador. 
Ver as fotos das saídas, tuas com a tua namorada, com a tua Mãe e irmã, traz um sentimento de impotência que tem vindo a adormecer ao longo do tempo.
 Porque não se esquece, Luís. As existência das pessoas não se esfuma com a morte. Não desaparecem as recordações.
 Não se apagam as fotos. Ou não consigo apagá-las porque estas são o que de mais palpável temos da tua existência. Então dei por mim a guardar fotos antigas. A rir ao recordar momentos tão idiotas e banais mas que me fazem sentir a tua falta. 
Tu em pequeno. Tu na escola. Tu vivo.
Lembrei-me de ti. Lembrei-me de te desejar, onde quer que estejas, paz. Que consigas aquilo que sempre ambicionaste. Simplesmente não sofrer.

1 comentário:

Todos temos os nossos dias, as nossas opiniões, as nossas afinidades. Felizmente nem todos gostamos do mesmo.

Aceitam-se elogios. Aceitam-se críticas construtivas.

Dispenso insultos e estupidez gratuita.

Welcome stranger ;)