domingo, 10 de março de 2013

Rita e as fardas!

Ontem fui sair à noite com um amigo meu. Aquele típico rapaz muito giro e que parece um "chamariz" de mulheres mas que para mim nunca passou de um amigo. 
A primeira paragem foi no café, para bebermos um cafezito e fazermos tempo para sairmos. Entrou o M.. Estava de serviço (acho que ainda não tinha dito que ele é GNR, pois não?) e fardado, pelo que disse apenas boa noite e pouco mais. À saída chegou a boca ao meu ouvido e disse: "Estás tão bonita hoje, espero que não te tenhas produzido toda para esse gajo!". E afastou-se, com aquele sorriso delicioso que me faz tremer os joelhos.

Estou lixada, não estou?


3 comentários:

  1. Não propriamente. Deixa fluir, sem grandes esperanças e sem grandes pressas, depois logo se vê :)*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sabes que esta malta da GNR, os ditos novos, deslocados de casa e sem amarras, geralmente vêm à procura de aventura! Só me meto em embrulhadas =P

      Eliminar
  2. Ai que nem sei que diga,parece que mexes com o sr agente e parece que ele também mexe contigo.Vou ficar a espera nos novos capítulos ;)

    ResponderEliminar

Todos temos os nossos dias, as nossas opiniões, as nossas afinidades. Felizmente nem todos gostamos do mesmo.

Aceitam-se elogios. Aceitam-se críticas construtivas.

Dispenso insultos e estupidez gratuita.

Welcome stranger ;)