quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Stress citadino

Hoje, 8.30 da manhã, Praça de Espanha.
Travo o carro e PAM, batem-me por trás. Chego o carro a uma berma, saio do carro. A outra Senhora berra que nem uma perdida! Que não tinha tido culpa, que eu tinha travado de repente (óbvio, senão batia eu no da frente), que ainda por cima tinha de ir pagar o meu carro velho como se fosse novo e bla bla bla. Eu calada, a ouvir o desatino da senhora e a pensar que puta de sorte a minha.
Eis que olho para o meu carro e lá estava a sua traseira, brilhante e imaculada.
Eu: "Minha Senhora, acalme-se porque o meu carro não tem nada. Não precisa de pagar nada!"
Ela: "Mas o meu está amolgado por sua culpa e agora eu é que fico no prejuízo."
Eu: "Mas a Senhora é que me bateu, não estou a entender qual o seu problema..."
Ela: "Não pense que vou arcar com as despesas sozinha..."
Eu: "Desculpe?!"
Ela: "Sim, dê-me os papéis do seu seguro para tratarmos disto."
Eu: "Então chamamos a polícia para registar a ocorrência."
Ela: (Com cara raivosa)
Eu: "É isso que quer?"
Ela: "Deixe estar, eu perdoo-lhe esta."


6 comentários:

  1. perdoa perdoa LOL
    eu é que já não era simpático com ela depois da atitude dela, bem que registava a ocorrência.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também não fui simpática(muito pelo contrário) mas já estava atrasada para o trabalho e não tenho paciência para filmes! =P

      Eliminar
  2. Tentou a ver se calhava... agora vives em Lisboa? Hum... o dia que for aí pago-te o café.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Raven, vivo há 8 anos em Lisboa :)

      Eliminar
    2. Ah... ora bolas! E vá se lá entender porquê, sempre tive ideia que viverias noutro sitio qualquer...
      Mas mantenho o café! ;)

      Eliminar
  3. Que belo sitio que tu escolheste para te baterem,sim porque a culpa disto tudo é tua,segundo a sra dona que te bateu lo, que croma que tu foste arranjar paravte bater logo de manha.

    ResponderEliminar

Todos temos os nossos dias, as nossas opiniões, as nossas afinidades. Felizmente nem todos gostamos do mesmo.

Aceitam-se elogios. Aceitam-se críticas construtivas.

Dispenso insultos e estupidez gratuita.

Welcome stranger ;)