quarta-feira, 30 de julho de 2014

Do João...

"Não me chega que não me façam chorar: têm de me fazer rir. Não me chega, sequer, um sorriso tímido, têm de saber fazer-me rir descontroladamente. E chorar. E abraçar-me a seguir e dizerem-me que tudo vai correr bem. E que, a seguir, corra mesmo.
Não me chega que não me magoem: têm de me fazer sentir. Não me chega um amor morno, tem de me fazer queimar. Tem de ser uma paixão urgente enrolada em amor calmo. Ou um amor confortável embrulhado numa paixão indecente. Tudo ao mesmo tempo.
Não me chega uma vida morna. Um amor só porque sim. Um ombro só porque ampara. Um abraço só porque aquece. Um sorriso só porque é hábito. Preciso do tudo que é tão mais que isto.
Sou exigente: não me chega que gostem de mim.
Têm de saber amar-me."

- Rita Leston -

É por isto que eu continuo com o João.
A bater sistematicamente com a cabeça na parede.
Ele não me faz chorar, não me magoa, não nada.
Só às vezes e para mim não é suficiente!


2 comentários:

  1. Ainda, Rita? :/
    O pior não é continuares com ele, é constantemente escreveres a palavra "acabou" ou "nunca mais". Mostra que não te conheces nem sabes o quão essa relação te domina. Seria mais util reconheceres que tens um problema de dependencia. Eu fiquei mais tempo do que deveria com um João, também. Mas sempre soube que era eu que tinha um problema. Quando usei a expressão "terminou", foi a sério. Já lá vão 6 meses e sem nenhuma vontade de olhar pra trás. Faz um favor a ti mesma: vive com dignidade e despeja esse homem da tua vida.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunca te respondi a isto porque fiquei realmente irritada. Por saber que tinhas toda a razão do mundo e por me fazeres sentir uma cobarde. Hoje entendo o que quiseste transmitir. Hoje o "terminou" foi dito com toda a certeza do mundo. Obrigada por estares aqui, Raven*

      Eliminar

Todos temos os nossos dias, as nossas opiniões, as nossas afinidades. Felizmente nem todos gostamos do mesmo.

Aceitam-se elogios. Aceitam-se críticas construtivas.

Dispenso insultos e estupidez gratuita.

Welcome stranger ;)