Avançar para o conteúdo principal

O que fazer?

O que fazer quando sabemos que uma grande amiga nossa é traída? É uma pergunta para a qual não tenho resposta.

Saber que ela o ama mais do que a própria vida, que se sente feliz e completa, que vive o seu amor de forma firme, sonhadora, sem hesitações e saber que é constantemente traída. Com toda e qualquer mulher. Saber que ele não a ama como ela o ama a ele. Que não a respeita. Que não merece nem 1/10 do amor dela, do carinho, do companheirismo.

A minha amiga é traída e eu sei. Soube. Sei. Só não sei o que fazer. Porque conheço-a e sei que ela acreditará sempre nele. No amor que ela acredita que é recíproco.

E eu dava a vida por ela.

O que fazer?

Comentários

  1. Dáres-lhe um tiro é opção?
    Eu soube há pouco tempo de uma situação dessas... O namorido de uma amiga minha era também namorido de outra amiga da minha mulher... Vivia com as 2 ao mesmo tempo e nenhuma desconfiava da outra. Quando descobri, por mero acaso porque me foi apresentado pela segunda e eu já o conhecia da primeira, também fiquei sem saber o que fazer...
    Eu tive a sorte de ele ser um c@brão do pior e estar quase a dar a volta a uma terceira, que por sinal eu também conhecia... Como esta ainda não estava cega foi avisada, e ela tratou de fazer chegar as provas às outras 2...
    O resultado não foi bonito, e não sei sequer se foi melhor assim, por isso lamento, mas não te posso valer de grande ajuda..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que filhos-da-mãe!
      Sei que não são todos iguais, sei mesmo mas cada vez menos acredito em relações!

      Por agora vou manter-me quieta.

      Eliminar
  2. Se sabes é porque talvez até já viste algo, se calhar tiravas foto, chamava-la para ela ver ou qualquer coisa do género, eu se estivesse nesse lugar também teria que falar, aliás não ficaria bem comigo se não lhe contasse... Eu já estive no lugar dela e quando me alertaram não quis acreditar logo mas teve um efeito muito positivo pois lançou a duvida e comecei a desconfiar mais, a estar mais atenta até que vi que era verdade e 'livrei-me' dele e foi o melhor que fiz, custou, custou muito mas ultrapassei e hoje penso que fizeram muito bem em me ter dito...

    ResponderEliminar
  3. Não queria estar na tua pele... Que tomes a decisão mais sensata, mas eu acho que teria de arranjar maneira de lhe dizer...

    ResponderEliminar
  4. Concordo com o que disse o\a anónimo.
    Mas primeiro é preciso ter mesmo a certeza daquilo que se sabe e se testemunhou.
    E o melhor que fazes é ajudar a tua amiga. Isso é como?
    Marcas um café com ela e perguntas como têm estado as coisas entre eles. E depois disso pergunta se não o tem achado, algo diferente e diz-lhe que o tens achado estranho por uma ou outra situação para tentar dar-lhe a entender o que se passa.
    Vês como ela reage se estiver receptiva pode ser que ela fique mais curiosa queira saber mais e em alerta. Se ela for mesmo apaixonadamente cega por ele e não acreditar em nada do que dizes e que ainda mete "as mãos no fogo" por ele pois bem aí não podes fazer grande coisa a não ser alertar uma ou outra vez. Pode ser que um dia mais tarde ela acorde vê o que realmente passa e se recorde de que houve alguém que a tentou avisar.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Todos temos os nossos dias, as nossas opiniões, as nossas afinidades. Felizmente nem todos gostamos do mesmo.

Aceitam-se elogios. Aceitam-se críticas construtivas.

Dispenso insultos e estupidez gratuita.

Welcome stranger ;)

Mensagens populares deste blogue

A tua irmã*

Ontem estive a escrever a fita de finalista da tua irmã. Com muito orgulho e satisfação. E tu estás presente, de uma forma discreta, que só ela entenderá. Mas estás lá. Sei que deves estar orgulhoso e que vais estar presente. Toma conta dela, protege-a, fá-la feliz. Se há alguém que merece, é ela. Perdeu-te a ti e logo de seguida o vosso Pai. Em menos de 6 meses, perdeu metade da família. Não é justo e ela merece mais. Tudo. Quero tanto vê-la feliz.



Parabéns Srª Engenheira!
*ORGULHO*


PS: Estou aqui para Ela. Estou mesmo, Luís. Por muito que me custe estar com ela nos lugares em que estivemos todos juntos, um dia (muitos dias). Por muito que ao olhar para ela, te veja a ti. Que magoe. Porque a saudade dói*

Dos rumores

Sábado. Vou jantar fora com o meu irmão, cunhada e mais uns casais amigos. O S., um dos meus amigos recentemente solteiro também foi. O jantar decorreu das 20:30h às 23h. Às 23:30h recebo uma mensagem do João a perguntar se ando metida com esse amigo nosso. Fico completamente à nora com a conversa. Recebo sms do meu ex-namorado a perguntar o mesmo. Pergunto ao S. se ele já tinha ouvido algum rumor. Diz que sim mas que por ele é tranquilo. E começa cheio de insinuações e conversas parvas. Só meu dou com atrasados e estou tão farta disto!
O João liga-me e chama-me de dançarina. Não compreendo a conversa e eis que me diz "ontem andaste a dançar com o teu novo namorado. Já fiquei para trás?".
ANORMAL!

Parabéns meu puto!

Mais um ano puto. 23 aninhos de uma vida que devia ter continuado. Cada vez mais me custa recordar a tua voz. Engraçado que sempre que fazes anos, o facebook enche-se de fotos e de conversas a recordar-te. E sabes o que me entristece? Saber que um dia vais voltar a fazer anos mas não há nenhuma história nova para contar.
Tenho tantas saudades tuas Luís! Do teu riso, do teu sorriso metálico, dos teus disparates. Onde quer que estejas, que a tua alma não se perca. Tu continuas a trazer o melhor de cada um de nós e isso é inesquecível e impagável.
PARABÉNS PUTO!!